como cozinhar batata doce sem perder nutrientes importantes

Como cozinhar Batata Doce sem perder nutrientes

Como cozinhar Batata Doce sem perder nutrientes

Maneiras saudáveis e nutritivas de cozinhar a tão popular batata doce mantendo nutrientes

A textura aveludada e o tom rico e adornado da batata doce enriquecem qualquer prato, tanto no sabor quanto na apresentação, sem falar em seus nutrientes importantes. O cozimento longo e lento desenvolve os açúcares naturais de uma batata doce, realçando a doçura que as torna tão deliciosos em diversos pratos.

Infelizmente, este cozimento também enfraquece os nutrientes essenciais que tornam a batata doce uma escolha inteligente de comida. Cozinhar rapidamente em fogo alto mantém seu valor nutricional sem sacrificar o sabor.

Sobre os nutrientes da batata doce

A batata doce é rica em fibras e vitaminas do complexo B, como niacina, riboflavina e tiamina; vitamina A; betacaroteno; e potássio. A vitamina A e o beta-caroteno são poderosos antioxidantes que combatem os efeitos do envelhecimento, ajudam a evitar certos tipos de câncer e apoiam a boa visão. As vitaminas B da batata doce ajudam a manter suas artérias e vasos sanguíneos flexíveis, enquanto o potássio é bom para suportar a pressão arterial baixa.

Como assar batatas doces

Assar batata doce leva tempo e pode quebrar os seus nutrientes. Se você preferir a textura das batatas doces assadas, cubra levemente as peles com azeite, faça alguns buracos com um garfo e asse embrulhadas em papel alumínio. Enrolar as batatas permite cozinhá-las em fogo mais alto, como 220ºC, sem chamuscá-las.

Como cozinhar batatas doces no fogão

Cozinhe no vapor para reter o máximo de seu valor nutricional possível. Coloque uma cesta de vapor em uma panela larga e rasa com uma tampa. Coloque as batatas doces lavadas no cesto a vapor. Encha a panela com água até o fundo do cesto a vapor. Tempere as batatas doces, tampe a panela e deixe ferver a água. Reduza o fogo levemente e deixe as batatas cozinharem por 20 a 30 minutos, dependendo do tamanho. Isso funciona melhor com batatas menores.

Ferver batata doce libera nutrientes, mas, de acordo com estudos como os do médico e autor Dr. Michael Greger, da NutritionFacts.org, ferver batata doce diminui seu índice glicêmico, o que significa que você obtém menos pico de insulina depois de comê-las. Coloque as batatas doces inteiras e lavadas em água fervente e deixe cozinhar por 10 a 15 minutos.

Como cozinhar batata doce no microondas preservando nutrientes

A batata doce cozinha no microondas de forma rápida e o processo envolve pouca sujeira e bagunça. Lave bem as batatas doces e faça furos nelas. Coloque no microondas por cinco minutos em potência alta e deixe descansar por um minuto ou dois. Pique-as delicadamente com uma faca e, se não estiverem cozidas, cozinhe em potência alta por mais um minuto de cada vez até ficarem macias. Isso ajudará a reter seus nutrientes, deixando-as macias o suficiente para amassar.

Conclusão

No geral, a batata doce é um excelente complemento para uma dieta equilibrada. No entanto, elas contêm algo conhecido como oxalatos, que ligam o cálcio a outros minerais. Muitos oxalatos na dieta podem causar pedras nos rins e, portanto, devem ser ingeridos com moderação se você tiver pedras nos rins ou se houver um alto risco de desenvolvê-las. Se você estiver preocupado, verifique com seu médico.

Curtiu nosso post ensinando como cozinhar batata doce sem perder nutrientes? Você possui outra forma de cozinhar essa campeão em popularidade da atualidade e gostaria de compartilhá-la conosco? Então deixe sua opinião nos comentários. Finalmente, se você gostou do blog? Nos ajude a divulgá-lo em suas redes sociais.

Siga o Blog Comida Simples nas redes sociais: Facebook e no Instagram.

receita de arroz com frango também conhecido como arroz com galinha no sul do Brasil

Receita de Arroz com Frango rápido e delicioso

Receita de Arroz com Frango rápido e delicioso

Originário da Índia, o famoso Arroz com Frango, ou Arroz com Galinha como dizemos aqui na região sul, é um prato simples e muito popular entre os brasileiros

A receita de arroz com frango é algo de mais tradicional que há na cozinha brasileira. E o que há de mais delicioso também! Podemos dizer que há algo mágico num belo prato de arroz com frango, pois quando saboreamos essa iguaria somos levados para a casa dos nossos avós ou para algum momento especial do nosso passado.

O arroz foi primeiramente cultivado na Índia, em 3.000 a.C., onde galinhas domesticadas já existiam. Entre as tradicionais receitas indianas listadas ao redor do mundo, há o frango briyani. Esse prato do norte da Índia consiste de camadas de arroz basmati e frango, temperadas com ingredientes que incluem alho, gengibre, cúrcuma, cominho e açafrão. Leia também: 10 melhores marcas de Arroz do Brasil!

Mas esse post trata de uma receita não é mesmo? Então vamos colocar nossas ferramentas culinárias a mostra e mãos a obra. Porque depois dessa receita você vai correr para as panelas e preparar um delicioso almoço ou aquela janta especial para sua família e amigos.



Receita de Arroz com Frango ( Arroz com Galinha)

Ingredientes:

  • 2 xícaras de Arroz Branco
  • 1 peito de frango em cubos de aproximadamente 4cm
  • 1/2 cebola
  • 1 tomate
  • 50g de pimentão verde
  • Molho pronto ( Eu usei Tarantela )
  • Tempero completo sem pimenta ou sal,
  • Óleo ou azeite
  • Água



Modo de Preparo:

  • Em uma panela ou caçarola grande adicione 3 colheres de sopa de óleo para aquecer em fogo médio.
  • Acrescente a cebola picada e os cubos de frango para fritar por 5 minutos.
  • Adicione o tomate, o pimentão e coloque um pouco de sal deixando refogar por mais 5 minutos.
  • Acrescente o Arroz e frite bem para queimar o amido do Arroz.
  • Após acrescente água fervida e meia xícara de molho pronto. Coloque o tempero pronto até ficar do seu gosto de sal.
  • Misture e deixe cozinhar por aproximadamente 20 minutos ou até o arroz ficar cozido.
  • Vá provando o arroz até que esteja no ponto. Sirva molhadinho para aguçar o sabor.  Bom apetite!



Conclusão

Apesar da origem do Arroz com Frango ser na Índia, o prato é uma verdadeira delícia brasileira e provavelmente é uma das receita mais preparadas no dia a dia da cozinha dos brasileiros.  Seja como Arroz com Frango, Frango com Arroz, Arroz com Galinha, Galinhada ou qualquer outro nome que esse prato tenha pelo Brasil a fora, uma coisa não muda: este prato é delicioso!

Curtiu esta maravilhosa receita de Arroz com Frango? Você tem outra forma de preparo que também é uma delícia? Então deixe sua opinião nos comentários. Finalmente, se você gostou do blog? Nos ajude a divulgá-lo em suas redes sociais.

Siga o Blog Comida Simples nas redes sociais: Facebook e no Instagram.



o que é ragu e como fazer

O que é Ragu e como fazer esta receita tradicional italiana?

O que é Ragu e como fazer esta receita tradicional italiana?

Conheça um pouco sobre a história do Ragu e 2 variações espetaculares deste molho

Você sabe o que é Ragu e como preparar um dos molhos mais famosos da Itália? A receita de Ragu varia de região para região e para aqueles que não amam muito o tomate, o Ragu branco pode ser uma alternativa válida ao ragu clássico, resultando igualmente saboroso e substancial. O molho Ragu tem um sabor excepcional, mas este molho também é ideal como condimento para lasanha e nhoque, e há também aqueles que o acompanham com polenta.

Na Itália, quando falamos de Ragu, nos referimos, principalmente, ao clássico Ragu de carne moída típica da cozinha bolonhesa com a qual, tradicionalmente, temperamos o famoso tagliatelle artesanal de ovo. Graças à sua bondade e facilidade de realização, o macarrão com molho de carne – seja ele clássico ou branco – tornou-se um dos primeiros e mais apreciados pratos da culinária italiana no mundo, e é por isso que existem muitas versões que refletem os sabores e os alimentos típicos das várias regiões e países onde é feito.

Na verdade, não é incomum encontrar receitas com guisado de peixe, legumes, soja ou tofu, os quais compartilham uma única peculiaridade: cozimento longo em fogo muito lento.



História e lendas sobre o nascimento de Ragu

O termo Ragu, deriva do “ragôut” francês, que significa despertar, no sentido de despertar o apetite, renovando o sabor, dando mais sabor. Na França, o termo ragôut indicava guisados ​​muito nutritivos que incluíam o uso de um ou mais ingredientes principais, como carne, peixe ou legumes, que eram cortados em pedaços e cozidos muito lentamente e por muito tempo.

Da tradição francesa, este ensopado se tornou o molho de carne italiano por excelência, um convidado de honra nos banquetes de famílias ricas, mas às vezes também presente nas mesas de famílias pobres que usavam o método de cozimento lento para extrair todos os vestígios possíveis de sabor dos mais pobres. restos de carne. Outro famoso Ragu na cozinha italiana é o estilo napolitano, que mais se assemelha ao ancestral francês desde que a carne não é moída, mas cozida em pedaços maiores em molho de tomate abundante.



Lendas do Ragu

Numerosas lendas são contadas sobre sua origem, uma das quais atribui a invenção a um chef bolonhês que trabalhou na corte francesa de Luís XIV. O inventado pelo chef, na verdade, era uma versão muito mais semelhante à do Ragu Napolitano, na medida em que inicialmente era feito com um ensopado de carne. Parece que só mais tarde, na esteira de uma intuição improvisada, o cozinheiro começou a preparar um molho com carne picada para fazer um molho substancial e saboroso para temperar macarrão.

Outra lenda diz que o Ragu tenha sido feito pela primeira vez na Itália e precisamente em Bolonha, por volta do século XVI, nas cozinhas das ricas cortes de famílias nobres, porque a carne, na época, era um alimento que só podia ser comprado pelos ricos.

Além das lendas, uma curiosidade historicamente documentada sobre esse molho e ligada ao seu nome está relacionada aos trinta anos fascistas durante os quais, na esteira de um nacionalismo predominante, seu nome foi italianizado em “ragutto” que, felizmente, foi, o mais cedo possível, esquecido.



Receitas de Gagu

Para conhecer duas famosas receitas de Ragu, acesse as opções abaixo e não esqueça de voltar para nos contar como ficou o seu prato.

  • Ragu a Bolonhesa
  • Ragu Napolitano

Ragu a Bolonhesa

receita de ragu a bolonhesa

 

 

 

 

Conheça a receita de Ragu a Bolonhesa clicando aqui.

Ragu Napolitano

receita de ragu napolitano

 

 

 

 

Conheça a receita de Ragu Napolitano clicando aqui.

Conclusão

Curtiu nosso post sobre o que é Ragu e suas variações de receitas? Você tem outra forma de preparo que também é uma delícia? Então deixe sua opinião nos comentários. Finalmente, se você gostou do blog? Nos ajude a divulgá-lo em suas redes sociais.

Siga o Blog Comida Simples nas redes sociais: Facebook e no Instagram.



receita de ragu napolitano

Receita de Ragu Napolitano

Receita de Ragu Napolitano

Outra versão de um prato italiano de sucesso em todo o mundo

O Ragu Napolitano, mais conhecido pelos próprios napolitanos como “o Ragu”, é uma verdadeira poesia para o paladar … tanto que nada é inferior a que Eduardo De Filippo lhe dedicou um poema, filmado e subsequentemente musicado Roberto Murolo e Pino Daniele, duas colunas de cultura e música napolitana e muito mais.

Voltando ao Ragu Napolitano em sua forma comestível, não podemos fazer que nenhum adjetivo faça justiça, é preciso tentar entender do que estamos falando: um sabor forte e delicado, um molho saboroso que envolve qualquer tipo de massa, melhor se o macarrão mais tradicional …. uma verdadeira magia da culinária napolitana.

Descubra conosco como prepara-lo, mas não há sorte maior do que poder experimentá-lo diretamente em Nápoles, sabendo muito bem que em cada família há aquele pequeno toque que o torna especial e que nossa versão só tenta se aproximar das mais tradicionais!



Receite de Ragu Napolitano

Ingredientes:

  • 700g de Patinho
  • 320g de Costela de porco
  • 340g de linguiça de porco
  • 700g de molho de tomate
  • 300g de cebola dourada
  • 60g de azeite extra virgem
  • 100ml de vinho tinto
  • 300ml de água
  • Sal a gosto



Modo de preparo:

  • Para preparar o molho de Rabu Napolitano, comece descascando e picando a cebola.
  • Corte a carne em pedaços de aproximadamente 3 a 4 centímetros.
  • Em uma panela grande, doure a cebola em fogo baixo, juntamente com o azeite extra-virgem por alguns minutos. Em seguida adicione os pedaços de carne, as costelas, a linguiça, e deixe todos os lados selarem por 6-7 minutos.
  • Despeje o vinho tinto e assim que o álcool se evaporar completamente, despeje o molho de tomate.
  • Adicione também a água e uma pitada de sal. Cozinhe em fogo baixo, quase fervendo, por pelo menos 4 horas. Se a água evaporar excessivamente, você ainda poderá adicioná-la conforme necessário.
  • Após o tempo necessário, para que a carne amoleça o suficiente e os sabores estejam bem misturados, verifique se o Ragu Napolitano está salgado no ponto certo e depois aprecie-o.



Conclusão

O Ragu Napolitano tem o nome do termo francês “ragoût”, que indica uma preparação à base de carne e servida com um molho acompanhante, que geralmente tem um tempo de cozimento muito longo.

Curtiu esta maravilhosa receita de Ragu Napolitano? Você tem outra forma de preparo que também é uma delícia? Então deixe sua opinião nos comentários. Finalmente, se você gostou do blog? Nos ajude a divulgá-lo em suas redes sociais.

Siga o Blog Comida Simples nas redes sociais: Facebook e no Instagram.



receita de ragu a bolonhesa

Receita de Ragu a Bolonhesa

Receita de Ragu a Bolonhesa

Uma especialidade italiana diretamente para a sua cozinha

O Ragu é uma especialidade bolonhesa preparada com carne moída. Muitos usam diferentes tipos de carne, mas, nesta versão há principalmente carne e apenas um pouco de carne de porco. O importante é que a carne não esteja muito magra, senão você pode adicionar um pedaço de bacon à mistura.

Fundamental, para o sucesso de um excelente molho bolonhês , é seguir bem todas as fases culinárias, com paciência e atenção e não com pressa. A cozedura longa é de facto fundamental para o bom sabor e consistência do Ragu. O Ragu a Bolonhesa geralmente é comido com macarrão de ovo fresco, mas também é um ingrediente fundamental em lasanha e canelone. Em Emília também é provado com polenta.



Receita de Ragu a Bolonhesa

Ingredientes:

  • 1 talo de aipo
  • 1 cenoura pequena
  • 1 cebola branca pequena
  • 4 colheres de sopa de azeite extra-virgem
  • 1 raminho de alecrim
  • 400 g de carne moída de primeira
  • 100 g de carne de porco picada
  • 50g de Bacon (opcional)
  • 100 ml de vinho tinto
  • 1 kg de molho de tomate
  • Sal
  • Pimenta preta moída
  • 50 ml de leite integral



Modo de preparo:

  • Lave o aipo e a cenoura e descasque a cebola. Pique todos os legumes muito finamente com um ralador de legumes.
  • O pote certo para preparar o molho é de altura média, bastante grande, de aço e tem um fundo grosso e uniforme. Não use panelas antiaderentes, porque a carne deve ficar marrom para dar sabor ao prato.
  • Coloque o óleo e os legumes na panela. Leve ao fogo e refogue, em fogo muito baixo, por cerca de dez minutos, virando de vez em quando. Quando estiver meio cozido, adicione uma pitada de sal. Deixe a panela coberta por toda essa fase.
  • Enquanto isso, lave o alecrim, selecione as folhas e pique-as finamente em uma tábua de corte.
  • Quando os legumes estiverem dourados, aumente o fogo e adicione a carne, um pouco de cada vez, mexendo.
  • Adicione o alecrim picado e tempere a carne até que seque toda a água do cozimento e comece a grudar no fundo. Nesta fase mexa constantemente para evitar que se queime.
  • Adicione o vinho tinto e continue cozinhando em fogo alto até que esteja completamente evaporado e a carne fique marrom. Esta fase é muito importante porque são formados os compostos aromáticos que tornam o molho bom e porque não deve permanecer vestígios de álcool, o que daria ao molho um sabor desagradável.
  • Quando a evaporação estiver completa, adicione o molho de tomate, duas pitadas grandes de sal, uma generosa moagem de pimenta e misture. Cubra e espere para ferver novamente.
  • Neste ponto é necessário transferir a panela em um pequeno fogo com respeito a seu tamanho e começar a abaixar a chama pouco a pouco até que cozinhe lentamente, mal fervendo.
  • O Ragu deve cozinhar por 3 horas, com a tampa. Gire de vez em quando com uma colher de pau. Após o tempo indicado, prove e tempere com sal.
  • Adicione o leite, misture bem e desligue. O leite tem a função de amortecer a acidez do tomate, mas se você não gostar, pode omiti-lo. Eu aconselho você a tentar avaliar a diferença.
  • O Ragu está agora pronto para ser usado. Prepare macarrão de sua preferência e adicione o Ragu ao seu prato. Sirva quente e bom apetite!

Conclusão

Curtiu esta maravilhosa receita de Ragu a Bolonhesa? Você tem outra forma de preparo que também é uma delícia? Então deixe sua opinião nos comentários. Finalmente, se você gostou do blog? Nos ajude a divulgá-lo em suas redes sociais.

Siga o Blog Comida Simples nas redes sociais: Facebook e no Instagram.



receita de carne moída com moranga cabotiá comida simples

Receita de Carne Moída com Moranga Cabotiá

Receita de Carne Moída com Moranga Cabotiá

Uma receita simples porém fantástica de Carne Moída com Moranga Cabotiá picada e refogada

Agora que você chegou até esta receita de Carne Moída com Moranga Cabotiá, será impossível resistir e ir logo preparar na sua casa ou cozinha profissional.  Mas já alertamos, se você está de dieta, feche logo este post e esqueça o que viu aqui, pois além de uma aparência apetitosa, este prato tem um sabor impressionante.

O mais incrível nessa receita é a facilidade de preparar, pois é um prato barato,  de cozimento rápido e com ingredientes muito fáceis de encontrar em qualquer mercado. Agora vamos parar de bater papo aqui e vamos logo ao que interessa não é mesmo? Bora cozinhar com o Comida Simples!



Receita de Carne Moída com Moranga Cabotiá

Ingredientes:

  • 500g de Carne Moída de 1ª
  • 500g de moranga cabotiá picada em cubos
  • 1 dente de alho picado
  • Meia cebola média picada
  • 1 Tomate médio picado
  • 1/4 de Pimentão Verde picado
  • Água
  • Sal
  • Óleo Vegetal



Modo de Preparo:

  • guisadinho de abóbora Em uma panela ou caçarola de tamanho grande coloque 3 colheres de sopa de óleo a aquecer em fogo médio.
  • Adicione a cebola, o alho, o tomate e o pimentão para fritar por 3 minutos.
  • Coloque a carne moída na panela e misture bem com os outros ingredientes. Adicione sal a gosto e mexa bem. Deixe cozinhar por uns 5 minutos.
  • Após cozinhar bem a carne adicione 500ml de água e deixe ferver. Após iniciada a fervura, adicione os cubos de moranga. Deixe cozinhar até amolecer a moranga.
  • Após o cozimento da moranga você pode escolher servir com mais ou menos caldo. Quanto mais você deixar cozinhar, mais grossinho ficará o caldo.
  • Sirva com arroz branco soltinho e aquele feijãozinho caseiro delicioso. Bom apetite!



Conclusão

A Carne Moída com Moranga, que também pode ser conhecida por Guisado de Abóbora (Sul), é um prato simples e que toda a família vai adorar, principalmente as crianças. Além disso é um prato muito nutritivo. Então eu espero que você goste dessa receita que aprendi com minha vó e minha mãe. Te garanto que o sabor é espetacular.

Curtiu esta maravilhosa receita de Carne Moída com Moranga Cabotiá? Você tem outra forma de preparo que também é uma delícia? Então deixe sua opinião nos comentários. Finalmente, se você gostou do blog? Nos ajude a divulgá-lo em suas redes sociais.

Siga o Blog Comida Simples nas redes sociais: Facebook e no Instagram.



receita de camarão na moranga

Receita de Camarão na Moranga

Receita de Camarão na Moranga tradicional

Uma das melhores receitas com camarão que você vai saborear na sua vida

O camarão na moranga é um prato típico da culinária litorânea do Brasil. Esta é uma iguaria servida e preparada com uma abóbora do tipo moranga cabotiá, recheada com camarão e requeijão. Este prato delicioso pode ser servido com um Arroz Branco Soltinho e saladas de sua preferência.

O camarão na moranga também merece um lugar de destaque nos livros de receitas saudáveis, afinal, os benefícios desses dois ingredientes são somados, e com isso o prato se torna uma ótima junção de vitaminas e minerais. Sem falar que a mistura de sabores é deliciosa, o que torna a receita uma queridinha de quem é apaixonado por frutos do mar.



Receita de Camarão na Moranga

Ingredientes:

  • 1 abóbora média
  • 400 g de Camarão médio
  • 1 cebola branca
  • 3 dentes de alho
  • 2 latas de tomates pelados
  • 1 xícara de vinho branco
  • 200g de Creme de leite
  • 1 xícara de requeijão
  • Sal
  • Folha de alumínio



Modo de Preparo:

  • Pré-aqueça o forno a 220°C. Fatie o topo da abóbora. Enrole a abóbora em alumínio e cozinhe por 15 minutos.
    Retire do forno, desidratar e cozinhe por mais 40 minutos.
  • Em uma panela, refogue a cebola branca picada. Quando a cebola estiver dourada, adicione o alho e refogue até que os aromas do alho sejam liberados.
  • Adicione os tomates e o vinho branco. Cozinhe por 15 minutos em fogo médio. Adicione água para retardar a cozedura, se necessário.
  • Quando os tomates estiverem macios e moles, adicione o creme de leite e 1/2 xícara de requeijão. Reduza para uma textura mais espessa. Tempere com sal.
  • Em uma frigideira, regue um pouco de azeite e cozinhe o camarão em fogo alto. Quando eles são dourados, transfira-os para o molho.
  • Retire a abóbora do forno, regue o interior da abóbora com requeijão e coloque o molho no interior.
  • Sirva com Arroz Branco e Salada. Bom apetite!



Conclusão

Esta receita de Camarão na Moranga é um patrimônio cultural e gastronômico brasileiro. É muito pedida em restaurantes praianos e também muito preparada pelos amantes de frutos do mar. Gostou da receita? Então bora preparar!

Curtiu esta deliciosa receita de Camarão na Moranga? Tem alguma receita deste prato, diferente da nossa? Então deixe sua opinião nos comentários. Finalmente, se você gostou do blog? Nos ajude a divulgá-lo em suas redes sociais.

Siga o Blog Comida Simples nas redes sociais: Facebook e no Instagram.



receita de sopa de ervilha partida

Receita de Sopa de Ervilha Partida

Receita de Sopa de Ervilha Partida

Confira esta deliciosa receita que pode ser conhecida como sopa ou creme de ervilha

Sopa de ervilha é uma sopa ou creme feita tipicamente de ervilhas secas partidas. Está presente, com algumas variações, na culinária de muitas culturas. É na maioria das vezes verde-acinzentado ou amarelo, dependendo da variedade regional de ervilhas usadas.

E há algo mais reconfortante do que uma deliciosa sopa ou creme na estação mais fria do ano? Não mesmo. E esta sopa vai deixar seu inverno ainda mais gostoso. Não gosta do inverno? Mas desta sopa tenho certeza que você vai gostar.



Receita de sopa de ervilha partida

ingredientes para sopa de ervilha Ingredientes:

  • 1 pacote de Ervilha Partida 500g
  • 1 pacote de linguiça fininha defumada
  • 1 cebola
  • 1 tomate
  • Pimentão a gosto
  • 2 batatas
  • 2 cenouras
  • Água
  • Sal a gosto



Modo de preparo:

  • linguicinha fininha para sopa de ervilha Em uma panela de pressão, adicione 500g de ervilhas e 1,5 litros de água. Deixe na pressão por 20 minutos aós começar a ferver.
  • Pique todos os ingredientes e aguarde o tempo da pressão.
  • Após a fervura, abra a panela de pressão, adicione todos os ingredientes picados e deixe engrossar por mais 20 minutos em fogo baixo.
  • Salgue a seu gosto provando a cada pitada.
  • Após engrossar, sirva com torradinhas ou pão francês. Bom apetite.



Conclusão

Esta receita de sopa de ervilha da minha avó era um prato favorito da família e passou de geração a geração. Até hoje é muito pedida entre meus familiares e tenho o maior orgulho de compartilhar a receita com vocês.

Curtiu esta deliciosa receita de Sopa de Ervilha? Tem alguma receita diferente da nossa? Então deixe sua opinião nos comentários. Finalmente, se você gostou do blog? Nos ajude a divulgá-lo em suas redes sociais.

Siga o Blog Comida Simples nas redes sociais: Facebook e no Instagram.



como fazer arroz de 3 maneiras diferentes e simples

Como fazer arroz: 3 maneiras simples!

Como fazer arroz: 3 maneiras simples!

Saiba como fazer arroz de 3 formas diferentes e simples sem passar trabalho

Saiba aqui neste post como fazer arroz de 3 formas diferentes sem tornar essa receita simples em um evento catastrófico na sua cozinha. O preparo do arroz é uma tarefa diária na cozinha da maioria dos brasileiros. Para ajudar você a preparar arroz de forma rápida e agradável, separamos 3 maneiras passo a passo para você escolher a melhor opção para o seu gosto.

Em nossa publicação vamos utilizar o arroz branco tradicional, mas se você tem um arroz preferido como o parboilizado ou mesmo o integral, fique a vontade para experimentar sua própria forma de cozinhá-lo. Se deseja conhecer algumas marcas do produto, leia: 10 melhores marcas de arroz do Brasil.



Confira 3 maneiras de preparar um delicioso arroz para sua refeição

  • Como fazer arroz na panela comum
  • Como fazer arroz na panela de arroz elétrica
  • Como fazer arroz no microondas

1. Como fazer arroz na panela comum

como fazer arroz na panela comum e fogão a gás

Ingredientes:

  • 2 xícaras de arroz branco
  • 1/2 cebola
  • 1 dente de alho
  • 5 colheres de óleo
  • 1,5l de água
  • Sal

Modo de preparo:

    • A primeira coisa que temos que fazer é colocar 5 colheres de óleo em uma panela. Enquanto isso, coloque no fogo, água para ferver.
    • Deixe aquecer um pouco e acrescente o arroz branco, para 4 pessoas, 2 xícaras de arroz. Eu gosto muito da marca de arroz Tio João mas em outro post poderemos falar das 10 melhores marcas de arroz. Se desejar, você pode fritar junto um dente de alho e meia cebola.
    • Frite o arroz até que os grãos fiquem brancos e não mais transparentes. Isso quer dizer que você está queimando parte do amido do arroz, que é o que deixa empapado. Esta parte é muito importante então cumpra a risca. Vá mexendo o arroz fritando para que todos os grãos fritem bem.
    • Quando todo o arroz estiver bem frito, acrescente 1 litro de água fervente e sal a gosto. Deve levantar vapor, mas isso é bom pois é sinal que o arroz está bem frito. Para não levantar tanto vapor, vá colocando a água aos poucos.
    • Após acrescentar toda a água, deixe cozinhar em fogo médio. Quando a água começar a secar, prove o arroz para sentir se cozinhou ou ainda está duro, e nesse caso acrescente mais 250ml de água e deixe cozinhar mais um pouco.
    • Cozinhe até que a água comece a sumir e você ouça pequenos estalos na panela. Nesse momento desligue o fogo, tampe a panela e reserve por 10 minutos.
    • Ai está o seu arroz branco soltinho. Tenha um bom apetite.



2. Como fazer arroz na panela de arroz elétrica

como fazer arroz na panela alétrica

Ingredientes:

  • 2 xícaras de arroz
  • 2 colheres de azeite
  • 1 colher de alho amassado
  • 1 colher rasa de sal

Modo de Fazer:

    • Ligue a panela no modo aquecer, coloque o azeite e o alho e deixe dourar.
    • Coloque o arroz, e misture para secar ele mais, e coloque o sal e misture novamente.
    • Cubra o arroz com água fria. Não coloque muita água, apenas para cobrir mesmo.
    • Ajuste o timer para a função cozinhar.
    • O tempo de cada panela varia. Mas em cerca de 20 minutos o arroz ficará pronto e a panela desligará automaticamente e ficará no modo aquecer, e não vai queimar o arroz.
    • Está pronto o seu arroz na panela elétrica! Bom apetite! Procurando panela elétrica de arroz? Clique aqui e conheça o produto!



3. Como fazer arroz no microondas

como fazer arroz no microondas

Ingredientes:

  • 2 xícaras de arroz
  • Óleo
  • Sal
  • Alho
  • Cebola
  • 4 xícaras de água

Modo de preparo:

    • Coloque os temperos como de costume, as 2 xícaras de arroz e as 4 xícaras de água.
    • Mexa e leve ao micro-ondas por 25 minutos na potência alta.
    • Deixe descansar 5 minutos e pode servir.
    • Está pronto o seu arroz de microondas! Bom apetite!



Conclusão

O arroz é uma planta da família das gramíneas, mesma família de capins e gramas. As gramíneas pertencem ao grupo das Poaceae, do qual fazem parte também o trigo, a cevada, o centeio e a aveia.  A origem do arroz se deu no Japão, onde é cultivado há milênios. A população mundial consome aproximadamente 600 milhões de toneladas de arroz por ano. Mais de 80% desse consumo acontece na Ásia.

Existem mais de 140 000 variedades de arroz. O preferido dos brasileiros é o arroz do tipo agulhinha, que é muito solto. Os japoneses, por sua vez, preferem o gohan, um arroz mais pastoso e grudento. O estado brasileiro que mais produz arroz é o Rio Grande do Sul. As cidades com maior participação na produção nacional são Uruguaiana, Alegrete, Itaqui, Dom Pedrito e Santa Vitória do Palmar.

Gostou das maneiras de cozinhar arroz compartilhadas neste post? Tem sua maneira diferente das nossas e gostaria de compartilhar conosco? Então deixe seu comentário em nosso post. Finalmente, se você gostou do blog? Nos ajude a divulgá-lo em suas redes sociais.

Siga o Blog Comida Simples nas redes sociais: Facebook e no Instagram.



como cozinhar feijão com uso de panela de pressão receitas comida simples

Como cozinhar feijão na panela de pressão

Como cozinhar feijão na panela de pressão

A maneira mais tradicional de cozinhar feijão em poucos passos

Aprenda a cozinhar feijão de forma simples e rápida na panela de pressão. Aqui você vai poder aprender a forma básica de preparo de feijão. O feijão é um alimento muito popular e também é uma das receitas mais preparadas em todo o mundo. Em cada região do mundo o preparo do feijão pode ter algumas peculiaridades. Estas diferenças podem existir até mesmo em um país de dimensões continentais como o Brasil, por exemplo.

A receita de feijão que vamos lhe ensinar aqui hoje é a maneira tradicional aqui no Rio Grande do Sul, terra do Comida Simples. Acreditamos que é a maneira mais comum na maior parte das regiões brasileiras. Um caldo grosso, tempero simples porém marcante e alto teor nutritivo fazem do feijão uma das melhores receitas do país.

A receita de feijão que seguirá logo a seguir foi elaborada com o feijão preto, porém se você quiser conhecer outros tipos de feijão, temos um artigo falando do assunto: 4 principais tipos de feijão do Brasil. Você também poderá conhecer as 5 melhores marcas de feijão do Brasil para deixar sua refeição ainda mais gostosa.



Confira abaixo como cozinhar feijão com uso de panela de pressão

deixar o feijão de molho Para cozinhar feijão, indicamos que você deixe os grãos de molho na noite anterior ao cozimento. Essa água poderá ser trocada de manhã cedo para que o feijão fique ainda mais saboroso.

Ingredientes:

    • 2 xícaras de feijão preto
    • água
    • 1 dente de alho
    • sal
    • folhas de louro (opcional)
    • linguiça fininha (opcional)
    • 1/2 cebola média
    • óleo



Cozinhe na panela de pressão Modo de preparo:

  • Em uma panela de pressão, adicione as 2 xícaras de feijão escorridos e lavados, juntando 8 xícaras de água (4 para cada xícara de feijão).
  • Deixe ferver em fogo alto até que a panela de pressão levante fervura, então cozinhe em fogo baixo por 35 minutos.
  • Pique o alho e a linguicinha e reserve em uma tigela.
  • Após os 35 minutos, deixe a panela perder pressão e abra a tampa. Deixe no fogo baixo para temperar.
  • Pique a cebola bem fininha, e em uma frigideira com meia xícara de óleo, frite a cebola até antes de dourar. Adicione a mistura ao feijão.
  • Após adicione a linguicinha, o alho e o sal a gosto. Por último adicione 1 ou 2 folhas de louro.
  • Deixe ferver e vá mexendo com uma colher de pau até engrossar o caldo do feijão ao seu gosto.
  • Sirva com arroz branco soltinho e alguma outra receita de acompanhamento conforme sua preferência. Também fica uma delícia com macarrão.



Conclusão

O feijão preto é uma variedade pequena e brilhante do feijão comum, especialmente popular na culinária latino-americana, embora também possa ser encontrado nas culinárias cajun e crioula do sul da Louisiana. Como a maioria dos grãos comuns, é nativa das Américas, mas foi introduzida em todo o mundo.

No Brasil o feijão preto é uma celebridade nacional e uma unanimidade na cozinha dos brasileiros. É o grande companheiro do dia a dia das famílias e também em restaurantes e refeitórios em todo o país.

Curtiu a nossa Receita para cozinhar feijão na panela de pressão? Tem sua receita preferida e diferente da nossa? Então deixe sua opinião nos comentários. Finalmente, se você gostou do blog? Nos ajude a divulgá-lo em suas redes sociais.

Siga o Blog Comida Simples nas redes sociais: Facebook e no Instagram