ago 212019

O que é Ragu e como fazer esta receita tradicional italiana?

O que é Ragu e como fazer esta receita tradicional italiana?

O que é Ragu e como fazer esta receita tradicional italiana?

Conheça um pouco sobre a história do Ragu e 2 variações espetaculares deste molho

Você sabe o que é Ragu e como preparar um dos molhos mais famosos da Itália? A receita de Ragu varia de região para região e para aqueles que não amam muito o tomate, o Ragu branco pode ser uma alternativa válida ao ragu clássico, resultando igualmente saboroso e substancial. O molho Ragu tem um sabor excepcional, mas este molho também é ideal como condimento para lasanha e nhoque, e há também aqueles que o acompanham com polenta.

Na Itália, quando falamos de Ragu, nos referimos, principalmente, ao clássico Ragu de carne moída típica da cozinha bolonhesa com a qual, tradicionalmente, temperamos o famoso tagliatelle artesanal de ovo. Graças à sua bondade e facilidade de realização, o macarrão com molho de carne – seja ele clássico ou branco – tornou-se um dos primeiros e mais apreciados pratos da culinária italiana no mundo, e é por isso que existem muitas versões que refletem os sabores e os alimentos típicos das várias regiões e países onde é feito.

Na verdade, não é incomum encontrar receitas com guisado de peixe, legumes, soja ou tofu, os quais compartilham uma única peculiaridade: cozimento longo em fogo muito lento.



História e lendas sobre o nascimento de Ragu

O termo Ragu, deriva do “ragôut” francês, que significa despertar, no sentido de despertar o apetite, renovando o sabor, dando mais sabor. Na França, o termo ragôut indicava guisados ​​muito nutritivos que incluíam o uso de um ou mais ingredientes principais, como carne, peixe ou legumes, que eram cortados em pedaços e cozidos muito lentamente e por muito tempo.

Da tradição francesa, este ensopado se tornou o molho de carne italiano por excelência, um convidado de honra nos banquetes de famílias ricas, mas às vezes também presente nas mesas de famílias pobres que usavam o método de cozimento lento para extrair todos os vestígios possíveis de sabor dos mais pobres. restos de carne. Outro famoso Ragu na cozinha italiana é o estilo napolitano, que mais se assemelha ao ancestral francês desde que a carne não é moída, mas cozida em pedaços maiores em molho de tomate abundante.



Lendas do Ragu

Numerosas lendas são contadas sobre sua origem, uma das quais atribui a invenção a um chef bolonhês que trabalhou na corte francesa de Luís XIV. O inventado pelo chef, na verdade, era uma versão muito mais semelhante à do Ragu Napolitano, na medida em que inicialmente era feito com um ensopado de carne. Parece que só mais tarde, na esteira de uma intuição improvisada, o cozinheiro começou a preparar um molho com carne picada para fazer um molho substancial e saboroso para temperar macarrão.

Outra lenda diz que o Ragu tenha sido feito pela primeira vez na Itália e precisamente em Bolonha, por volta do século XVI, nas cozinhas das ricas cortes de famílias nobres, porque a carne, na época, era um alimento que só podia ser comprado pelos ricos.

Além das lendas, uma curiosidade historicamente documentada sobre esse molho e ligada ao seu nome está relacionada aos trinta anos fascistas durante os quais, na esteira de um nacionalismo predominante, seu nome foi italianizado em “ragutto” que, felizmente, foi, o mais cedo possível, esquecido.



Receitas de Gagu

Para conhecer duas famosas receitas de Ragu, acesse as opções abaixo e não esqueça de voltar para nos contar como ficou o seu prato.

  • Ragu a Bolonhesa
  • Ragu Napolitano

Ragu a Bolonhesa

receita de ragu a bolonhesa

 

 

 

 

Conheça a receita de Ragu a Bolonhesa clicando aqui.

Ragu Napolitano

receita de ragu napolitano

 

 

 

 

Conheça a receita de Ragu Napolitano clicando aqui.

Conclusão

Curtiu nosso post sobre o que é Ragu e suas variações de receitas? Você tem outra forma de preparo que também é uma delícia? Então deixe sua opinião nos comentários. Finalmente, se você gostou do blog? Nos ajude a divulgá-lo em suas redes sociais.

Siga o Blog Comida Simples nas redes sociais: Facebook e no Instagram.